Pesquisar

A verdade oculta sobre os produtos de higiene oral convencionais

  • 4 min ler

A verdade oculta sobre os produtos de higiene oral convencionais

Os produtos de higiene oral tradicionais já não têm lugar numa sociedade avançada. Chegou a altura de desvendarmos o tópico, os cuidados de higiene oral obsoletos.

Produtos de higiene oral convencionais

Estamos gratos por tudo o que os produtos de higiene oral tradicionais fizeram pelos seres humanos no passado, quando havia poucas ou nenhumas alternativas. No entanto, em 2020, existem opções muito mais saudáveis, mais ecológicas, mais seguras e mais conscientes, e não há desculpa para continuarmos presos ao passado. Esta é a feia verdade por detrás dos produtos de cuidados orais tradicionais.

Testes em animais

A maioria dos produtos de higiene oral convencionais são testados em animais. Muitos animais são submetidos a testes e experiências dolorosas, sendo obrigados a ingerir ou inalar várias substâncias, ou tendo ingredientes cosméticos ou medicinais esfregados nos olhos, ouvidos, ou pele para procurar reacções alérgicas. Quanto maior for a preocupação com o ingrediente em questão, mais duro e mais longo é o teste.

Produtos de origem animal

Os cuidados orais convencionais dependem muito de algum tipo de produto animal, sejam escovas de dentes, pasta de dentes, fio dental, e outros. Alguns dos ingredientes derivados de animais normalmente utilizados nos produtos de cuidados higiene oral tradicionais são a glicerina e o glicerol - embora seja possível extrair glicerina e glicerol de fontes vegetais, é imensamente mais barato extraí-lo da medula óssea animal -,

calcium phosphate/E542 (de ossos de animais), lanoline (de glândulas oleosas de ovelhas, sendo comum utilizadas nos cuidados de higiene oral e produtos capilares), propolis (resina feita de saliva de abelha e cera de abelha, principalmente utilizada para produtos cosméticos, como bálsamo labial ou loções, e pasta de dentes), pêlos de javali ou de cavalo (para cerdas de escovas de dentes).

Plastic Toothbrushes

Químicos Perigosos 

Há centenas de químicos perigosos conhecidos a serem utilizados em produtos de higiene oral tradicionais, e isto depois de muitos terem sido já proibidos. Por exemplo, o elixir contém pelo menos quatro ingredientes que são perigosos para a saúde humana: chlorhexidine gluconate, ethanol (ethyl alcohol), hydrogen peroxide and, methyl salicylate. Se considerarmos a pasta de dentes, existem suspeitas de carcinogénicos, substâncias que perturbam a função endócrina, substâncias que enfraquecem o sistema imunitário, ou produtos químicos indutores de úlceras, em grande parte dos produtos no mercado. Cuidado com o triclosan, aspartame, and saccharin, carrageenan, diethanolamine, parabens, propylene glycol, sodium lauryl sulphate, tetrasodium (tetra potassium) pyrophosphate, ou titanium dioxide - eles não são teus amigos.

Quanto ao fio dental, estes são normalmente feitos de plástico e outros derivados do petróleo e contêm poly-fluoroalkyl substances (PFAS)  Estes PFAS são feitos pelo homem, muito persistentes no ambiente e no corpo humano, e tendem a acumular-se ao longo do tempo. Há provas suficientes de que a exposição prolongada aos PFAS pode estar relacionada com cancro, perturbações hormonais da tiróide, e enfraquecimento do sistema imunitário.

Por último, mas não menos importante, as escovas de dentes - e nem sequer sabemos por onde começar. Os produtos de higiene oral tradicionais, tais como as escovas de dentes, são apenas um pesadelo quando se trata de produtos químicos tóxicos e perigosos. Uma escova de dentes normal é feita de uma combinação de uma dúzia de plásticos, pelo menos, desde o cabo até às cerdas N, N-Dimethyl acetamide, 1,1,2,2-Tetrachlorethane, 3,5,5-Trimethyl-1-hexanol, Carvone, 2-Methyl-benzene sulphonamide, 344-Methyl-benzene sulphonamide, Benzyl-butyl-phthalate, 2-Butoxy-ethanol, 1-Butoxy-2-propanol, Naphthalene, 2-Butoxyethyl acetate, 1-Methyl-2-pyrrolidinone e Nickel são apenas algumas das substâncias mais nocivas encontradas em várias escovas de dentes por um estudo de 2004 do Instituto Tecnológico Dinamarquês. Mas existem outras.

Microplastics

Microplásticos 

Os microplásticos não só são muito difíceis de detectar, como são quase impossíveis de eliminar. Como tal, acabam por poluir o nosso planeta, principalmente mares e oceanos, e um dos principais receios é que os microplásticos acabem por ser integrados em organismos, e em última análise em corpos humanos e que a longo prazo, possam ser muito problemáticos para a saúde animal e humana. Os produtos de higiene oral tradicionais, especialmente a pasta de dentes convencional, são preenchidos com microplásticos - nomeadamente microesferas de plástico - que actuam como abrasivos, e que são comercializados como "pérolas" que irão tornar os seus dentes mais brancos. De facto, há poucas ou nenhumas provas de que as microesferas em pasta de dentes e outros produtos de cuidados orais tradicionais ajudem realmente os seus dentes a tornarem-se mais limpos, mais brancos ou mais saudáveis, pelo que é bastante provável que a maioria das marcas os utilize para fins de marketing. Vê aqui Como evitar os microplásticos na tua pasta de dentes.

Como regra geral, tem cuidado com os ingredientes cujo nome comece por "poli", tais como polyethylene (PE) ou polypropylene (PP), polyethylene terephthalate (PET), polyethylene Glycol (PEG), polylactic acid (PLA), polymethyl methacrylate (PMMA), e nylon.

Microplastics

Difícil de reciclar e tóxico para vários ambientes

A tua escova de dentes convencional (de plástico) é muito difícil de reciclar. As escovas de dentes, assim como algumas embalagens de produtos de higiene oral tradicionais são feitas de muitos componentes plásticos, alguns derivados do petróleo, alguns de borracha, e alguns que são uma mistura complicada de vários outros plásticos. São também extremamente resistentes, tornando impossível a biodegradação numa vida humana - pode demorar até 400 anos! -, difíceis de reciclar devido à dificuldade em separar os componentes, e muito inutilizáveis para a recuperação de energia por combustão. Não seria bom se pudesse ter uma escova de dentes que fosse facilmente reciclada ou mesmo compostada? Bem, talvez tenhamos uma surpresa para si.

Cada decisão de compra que toma tem o poder de mudar o mundo. É por isso que o consumo consciente é tão importante hoje em dia, para a sua saúde, a nossa economia, os nossos ecossistemas, e o nosso Planeta.

Convidamos-te a começar a aprofundar os rótulos dos teus produtos e a tomar decisões mais conscientes sobre o que compras e utilizas no teu corpo. Pesquisa antes de comprar algum produto, compra localmente, fala com os proprietários das empresas, vê o que está "nos bastidores".

Vê a The Bam&Boo Natural Toothpaste, bem como a Escova de Dentes de Bambu e o Fio Dentário de Carvão Vegetal! São vegan, cruelty-free, naturais, ecológicos, e completamente livres de microplásticos e químicos nocivos - uma vez que os experimentes, não vais querer voltar aos produtos de higiene oral tradicionais, prometemos! 

Produtos The Bam&Boo

Deixa os teus comentários abaixo. Adoraríamos ouvir as tuas ideias e dicas. Junte-te à nossa comunidade!

Bam&Boo

What are you looking for?

Portuguese
Portuguese